Cias Brasil

Preços disparam no fim de maio

Preços reduziram para alimentos, medicamentos, conta de telefone móvel e camisa masculina.

CiasBrasil Agência de Notícias
01/06/2017

RIO - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), da última semana de maio, subiu para 0,52%, 0,17 ponto percentual (p.p.) acima da taxa registrada na semana anterior. Com este resultado, o indicador acumula alta de 2,14%, no ano e, 4,05%, nos últimos 12 meses. Quatro das oito classes de despesa apresentaram alta, é o que aponta dados da pesquisa realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A maior contribuição para a alta do indicador nessa semana veio dos preços do grupo Habitação (que saltaram de 0,93% para 1,71%). Nesta classe de despesa, a variação para tarifa de eletricidade residencial dobrou passando de 5,78% para 10,88%. Os preços também ficaram mais salgados nos grupos: Transportes (-0,15% para 0,08%), Educação, Leitura e Recreação (-0,25% para -0,08%) e Despesas Diversas (0,26% para 0,48%). Nestas classes de despesa, vale ressaltar o comportamento dos itens: gasolina (-0,67% para 0,01%), excursão e tour (-1,39% para -0,83%) e tarifa postal (3,97% para 6,32%), respectivamente.

Entretanto, os grupos Alimentação (-0,11% para -0,26%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,90% para 0,75%), Comunicação (0,75% para 0,28%) e Vestuário (0,72% para 0,70%) vieram com menos intensidade e reduziram seus preços. Nestas classes de despesa, as maiores contribuições foram: hortaliças e legumes (-0,53% para -2,49%), medicamentos em geral (1,96% para 1,06%), tarifa de telefone móvel (0,60% para 0,32%) e camisa masculina (1,05% para 0,73%). 
 

Quer receber nossa newsletter?

2008 - Companhias Abertas - Todos direitos reservados

RIWEB

half banner

Agenda de Mercado

Acompanhe aqui todos os eventos de nosso Calendário.

Enquete Enquete